Zagueiro do São Paulo deve ficar três meses afastado

Bruno Uvini sofreu uma fratura na fíbula em partida contra Argentina.



O zagueiro Bruno Uvini operou a fíbula, na manhã desta quinta-feira (10), no Hospital do Coração, em São Paulo. De acordo com o chefe e ortopedista do Instituto do Joelho HCor, Rene Abdalla, o procedimento cirúrgico durou cerca de 40 minutos e a previsão é de que o jogador fique de dois a três meses afastado dos gramados para recuperação.

O defensor são-paulino, capitão da seleção brasileira sub-20, deixou o campo lesionado, logo no início da partida contra a Argentina, no domingo (6), pelo Sul-americano da categoria, que acontece no Peru. Mais tarde, exames diagnosticaram que o jogador havia fraturado a fíbula da perna direita.

O médico do São Paulo, José Sanchez, declarou que uma placa foi colocada na perna de Uvini.

- Ele chegou ontem [quarta-feira, dia 9] à noite e já o levamos direto para o hospital. Hoje pela manhã, operou e colocou uma placa. É complicado dar uma previsão, mas deve ser entre dois ou três meses.

O zagueiro voltou em um avião fretado do Peru providenciado pela CBF, e deve deixar o hospital na sexta-feira (11). O departamento médico são-paulino avaliará a melhor forma para iniciar a recuperação do defensor.

- Ele está há muito tempo longe de casa e pode ser que inicie o tratamento lá, pois tem pouca coisa para fazer agora, é mais gelo mesmo. Mas tem jogador que prefere ficar com os colegas aqui.

Do hospital, Uvini assistiu à vitória do Brasil sobre o Equador, na madrugada desta quinta-feira (10). Agora, a seleção de Ney Franco precisa apenas de um empate na última rodada, contra o Uruguai, para garantir a classificação para as Olimpíadas de Londres, em 2012.

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, telefonou, na segunda-feira (7), para Juvenal Juvêncio, mandatário do São Paulo e se colocou à disposição para ajudar o atleta no que for possível.

Fonte: R7, www.r7.com