Zagueiro ex-Corinthians chega ao Fla celebrando clube "muito maior"

Zagueiro que veio do clube paulista assina por quatro anos no Rubro-Negro.

Nova contratação do Flamengo, Wallace foi apresentado na manhã desta sexta-feira. O jogador, que rescindiu seu contrato com o Corinthians, assinou por quatro anos com o Rubro-Negro e realizou exames médicos no Ninho do Urubu. Animado, o defensor, que já vinha treinando na pré-temporada em São Paulo, colocou o time carioca acima do atual campeão mundial e deu o prazo de uma semana e meia para poder estrear.


Zagueiro ex-Corinthians chega ao Fla celebrando  clube

- Extremamente feliz, sair de uma equipe de massa como o Corinhtians e vir para uma muito maior. São as duas maiores equipes do Brasil. Poder jogar nas duas é algo indescritível. Feliz, motivado, alegre, querendo ajudar o Dorival de todas as formas - afirmou.

Aos 25 anos, Wallace era reserva no Corinthians e teria poucas chances após a contratação de Gil, do Valenciennes. Além disso, o clube paulista ainda mira a contratação de Dedé, do Vasco, o que deixaria o defensor sem espaço no elenco. A diretoria entendeu a necessidade de o zagueiro jogar e, por isso, o liberou. Ele revelou que a filosofia da nova diretoria rubro-negra e a vontade de ser titular fizeram com que trocasse de endereço.

- Já estava um período tentando ser titular, ano passado tive problemas de lesões sérias, ruptura de ligamentos, não puder dar uma sequência maior. Vi que chegou meu tempo de sair, no Flamengo seria um recomeço. A diretoria que assumiu tem um planejamento interessante, isso me chamou atenção. Estou recomeçando do zero, o Flamengo também. Vou tentar ser titular para que eu possa prorrogar meu tempo útil aqui - planejou o defensor.

Para brigar por uma vaga de titular da equipe, o zagueiro enumerou suas características e destacou sua força e cabeceio. Apesar de atuar mais pela direita da defesa, ele diz não ter preferência de lado e revelou se inspirar em Paulo André, titular do Corinthians após a saída de Leandro Castán.

- Sou um zagueiro que marca forte, no Corinthians mudei um pouco a característica, tenho bom cabeceio. Mas não adianta falar muito de mim, tenho que mostrar em campo. Aprendi muito com Paulo André, me ensinou a encurtar os caminhos. Sempre joguei mais pela direita, mas não tenho preferência de lado, onde me colocar, quero estar em campo.

Estreia pode ser contra o Vasco

Se o prazo estipulado pelo zagueiro para ficar à disposição de Dorival Júnior estiver certo, uma possível estreia poderia acontecer contra o Vasco. Nada que o assuste, pelo contrário:

- Sem problema, melhor, pois vocês já vão me conhecendo. Se tiver oportunidade de estar em campo vou dar o meu melhor - priometeu.

Contratado no início de 2011, Wallace deixa o Corinthians com 59 jogos e um gol marcado. Ele participou dos títulos do Brasileirão daquele ano, além da Taça Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012, todos como reserva. Agora, o Corinthians fica com cinco nomes para a zaga: Chicão, Paulo André, Gil, Felipe e Antônio Carlos.

Conrira outros trechos da entrevista:

Disputa por posição

- Isso é bom, fortalece a equipe, a gente sabe que o Flamengo está se reformulando, tem muitos garotos da base, tem outros com mais rodagem como Léo Moura, Renato Abreu, Felipe, que dão sustentação. Chego para tentar ajudar dentro de campo e fora, de uma forma ou de outra.

Cobrança e pressão

- Jogar no Flamengo é entrar num caldeirão mesmo, pressão de todos os lados, da imprensa e torcida. É assim desde sempre, tenho noção, vim sabendo da responsabilidade. Nunca entra para ser segundo, o time entra para ser primeiro, já estava ciente disso. Estou esperançoso que as coisas aconteçam, e o time deslanche. Esse ano será vitorioso para mim e para o Flamengo

Afeição pelo Fla

- Sou baiano, minha cidade é no interior da Bahia, minha família toda é flamenguista. Não tenho dúvida que todos estão muito felizes. Estou feliz também, na infância tinha muito carinho pelo Flamengo, não deixa de ser um sonho vestir essa camisa. Mas não quero discursar muito, quero tentar colocar em prática dentro de campo.

Fonte: GloboEsporte
Tópico