Zé Roberto culpa ansiedade por vitória suada contra tchecas

Zé Roberto culpa ansiedade por vitória suada contra tchecas

Técnico acha que time ainda não conseguiu se soltar no Mundial feminino de vôlei

O técnico José Roberto Guimarães culpou a ansiedade das jogadores pela dificuldade do Brasil em vencer a República Tcheca, neste sábado (30), em sua segunda partida no Mundial feminino de vôlei.

O jogo teve quase duas horas de duração, e terminou com vitória brasileira por 3 sets a 2, parciais de 22-25, 25-22, 23-25, 25-20 e 15-9. Com o resultado, o Brasil lidera o Grupo B, ao lado da Itália, que venceu a Holanda também por 3 a 2, parciais de 18-25, 25-21, 23-25, 28-26 e 15-12.

- Estou sentindo o nosso time um pouco preso ainda. A equipe está ansiosa, preocupada em não cometer erros. A partir do quarto set, o time acalmou e jogou mais solto. É assim que tem que ser.

O treinador também reconheceu os méritos da equipe adversária, que havia perdido por 3 a 0 para a Holanda no jogo de estreia e evoluiu bastante de um dia para o outro.

- Sempre esperamos jogos difíceis, mas as tchecas realmente jogaram muito bem. Elas entraram com menos responsabilidade e arriscaram tudo. Forçaram o saque e conseguiram quebrar o nosso passe.

A meio-de-rede Fabiana, capitã do time, concordou com Zé Roberto e disse que o Brasil precisa melhorar em todos os fundamentos.

- Cometemos mais erros do que esperávamos. Precisamos aumentar o nosso nível no bloqueio, no saque e na defesa.

O técnico tcheco, Jiri Siller, saiu satisfeito da quadra, apesar da derrota.

- É ótimo jogar bem assim contra um time forte como o Brasil, certamente vai nos animar para os próximos jogos.

No outro jogo deste sábado pelo Grupo B, Porto Rico venceu o Quênia por 3 a 0, parciais de 25-20, 25-11 e 25-18, e divide a terceira posição com a Holanda. Neste domingo (31), a República Tcheca enfrenta Porto Rico, a Itália joga contra o Quênia e o Brasil faz o último jogo do dia, às 7h (de Brasília), diante da Holanda.

Fonte: R7, www.r7.com