Zenit leva virada, torcida invade o campo, e árbitro suspende partida

Zenit leva virada, torcida invade o campo, e árbitro suspende partida

Aos 43 minutos da etapa final, um enorme grupo torcedores do Zenit pulou das arquibancadas e ficou atrás de um dos gols cantando

O dia que era para ser de comemoração para o Zenit terminou com apreensão. Jogando por uma vitória para ser campeão russo, a equipe do atacante brasileiro Hulk teve a partida contra o Dínamo de Moscou interrompida após uma invasão de torcedores ao gramado, aos 43 minutos do segundo tempo, neste domingo, no estádio de São Petersburgo, pela penúltima rodada do campeonato, pouco depois de fazer o segundo gol da derrota parcial por 4 a 2, de virada.

- O Zenit expressa extremo pesar pelo que aconteceu no jogo de hoje. Os atos dos torcedores são absolutamente inaceitáveis. A polícia e o clube já estão investigando o que aconteceu, e desejamos que a justiça aconteça. Pedimos desculpas a todos os jogadores, técnicos e torcedores pelo que houve. Estamos sentidos pelo que aconteceu a Vladimir Granat e repetimos que este comportamento do torcedor é completamente inaceitável - disse o porta-voz do clube, referindo-se ao jogador do Dínamo que levou um soco no rosto depois da invasão ao gramado.

O início da partida deu a falsa impressão de que a festa da torcida, com direito a um grande mosaico, seguiria até o fim do jogo, com a confirmação do título. O português Danny abriu o placar aos seis minutos e aumentou a euforia, que foi esfriada com o empate do Dínamo, gol de Yusupov, aos 35. Na etapa final, Leandro Fernandez virou para os visitantes, aos 12, e Noboa aumentou aos 20. Seis minutos depois, Kevi Kuranyi aumentou a desvantagem. E nem mesmo o gol de Kerzhakov para o Zenit, aos 39, esfriou os ânimos dos anfitriões.

Aos 43 minutos da etapa final, um enorme grupo torcedores do Zenit pulou das arquibancadas e ficou atrás de um dos gols cantando, aos olhos dos seguranças que estavam em volta do campo. O árbitro paralisou a partida por falta de segurança e ordenou que os jogadores seguissem para os vestiários, até que alguns torcedores invadiram o campo e tentaram agredir atletas do Dínamo, como o zagueiro Vladimir Granat, atingido por um soco.


Zenit leva virada, torcida invade campo  e desafia seguranças do estádio

Com o jogo suspenso, fica a expectativa sobre o que a Federação Russa decidirá sobre o caso. A vitória do Dínamo deve ser confirmada, uma vez que restavam apenas dois minutos para o fim da partida, e a invasão foi dos torcedores do Zenit. O time visitante está em quarto lugar, com 49 pontos, e precisa confirmar o triunfo para se classificar à Liga Europa da próxima temporada.

O primeiro a se se beneficiar do tropeço do líder foi o CSKA Moscou. Na capital, o time do brasileiro Vitinho, ex-Botafogo, venceu o Tom Tomsk por 2 a 0 e assumiu o primeiro lugar provisoriamente, com 61 pontos, uma a mais do que o Zenit. A jovem revelação alvinegra ficou no banco de reservas a partida inteira, enquanto o lateral-direiro Mário Fernandes, ex-Grêmio, foi titular.

Fonte: GloboEsporte