Prefeito acusado de desacato é preso no interior do Piauí

22 de Fevereiro 2012 as 00:58

Acusado de atirar um pacote de amido de milho (maisena) no rosto do delegado de Polícia de Angical do Piauí e agredi-lo com palavrões, o prefeito de daquele município, Jonalde Gomes, foi algemado, preso e conduzido para a Delegacia daquela cidade, na madrugada de hoje, onde foi autuado em flagrante por desacato a autoridade e incitação ao crime, já que durante a sua prisão ele convocou a população para que desarmasse os quatro policiais que prestam serviço na cidade de Angical.

Segundo relato de populares, a confusão teve início quando o prefeito, que estaria embriagado, começou a gritar com o delegado do Município, tenente Viana, chamando-o de corno e outros palavrões, em decorrência de uma ordem dada pelo delegado de que fosse desligado um equipamento de som próximo a uma festa com banda que acontecia na principal praça de Angical. Inconformado com as ordens do delegado, o prefeito passou a proferir palavrões contra o delegado e por fim atirou uma caixa de maisena no rosto do policial, que de imediato lhe deu voz de prisão. Mesmo algemado o prefeito continuou xingando o delegado e ainda convocou a população para que desarmasse os policiais presentes, o que ocasionou um clima de tensão na cidade, no momento do incidente.

Depois de autuado em flagrante, Jonalde Gomes foi liberado pela Polícia.