Chapinha gelada promete ser a nova sensação nos salões de beleza

Produto é compatível com todos os tipos de cabelo

Quando o assunto é beleza as mulheres enlouquecem com tanta inovação no mercado. Por conta da vaidade, o mercado de beleza cresce a cada ano mesmo diante de forte crise no Brasil.

Não é à toa que os salões de beleza vivem cheios. Além das unhas e da pele, os tratar dos cabelos é fundamental para que a mulher se sinta bem consigo e mantenha a autoestima elevada.

De uns anos para cá, a ditadura dos cabelos lisos fez surgir novos tratamentos no mercado. Hoje, não seria exagero afirmar que em cada dez mulheres, nove já experimentaram alisar as madeixas através da escovas progressivas.

Quem já experimentou esse tipo de procedimento sabe que além do secador de cabelo, a prancha é essencial para garantir bons resultados. Afinal, a alta temperatura serve de garanti para um alisamento perfeito.

Em compensação, ela também pode ser prejudicial para a saúde dos fios, deixando-os ressecados, quebradiços e, às vezes, queimados. Agora, um lançamento promete ser a solução.

A novidade vem da Nova Zelândia e seria uma prancha gelada, que faz com que a baixa temperatura não modele os cabelos como, também, evite estes e outros possíveis danos aos fios. Saiba mais!

Lisos ou cacheados

Atendendo pelo nome Inverse, a chapinha gelada promete hidratação e saúde aos fios em pouco tempo. Para especialistas, os resultados podem ser notados com apenas duas semanas de uso contínuo.

O produto, que funciona com temperaturas abaixo de zero, pode ser utilizado tanto para alisar quanto para definir cachos. Além disso, é capaz de eliminar o tão temido frizz, deixando os fios modelados por mais tempo.

De acordo com o fabricante, isso ocorre porque a queratina presente naturalmente nas madeixas responde melhor quanto os fios são expostos a baixas temperaturas.Neste caso, a fibra capilar além de se modificar também retém mais nutriente. Assim, além de hidratar, os cabelos ficam mais fortes. O resultado são fios macios e saudáveis.

Em contrapartida, os profissionais explicam que quando as madeixas são expostas ao calor excessivo, a alta temperatura faz com que a hidratação natural do cabelo evapore, causando danos a sua estrutura.

Produto deve chegar logo ao Brasil

Vendida na Nova Zelândia e Austrália, a Inverse custa cerca de US$ 249 e é compatível com todos os tipos de cabelo. Para que funcione corretamente, a peça conta com um sistema magnético que garante uma temperatura estável.

Assim, basta colocá-la no freezer por duas horas antes de usá-la. A prancha fria conta com um suporte que ajuda a segurá-la. Outra boa notícia é que o produto não deve demorar muito a chegar ao Brasil.

Image title

Fonte: UOL