Compartilhamento de maquiagem gera riscos a saúde

Os risco de emprestar a maquiagem é maior do que se imagina

Compartilhar a maquiagem é algo tanto quanto comum entre as mulheres. Porém, os riscos que a mesmas correm a emprestando são grandes. Mesmo sendo com alguém bem próximo. É o que diz Daniela Leal, médica e membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

“Com o batom, se os lábios estiverem íntegros, o risco é menor. Mas se houver alguma descamação ou mesmo rachaduras por ressecamento ou frio, a chance de infecção aumenta”, comenta. Além do alerta para evitar o uso compartilhado de maquiagem, Daniela Leal destaca ainda os riscos de autocontaminação no caso de quem não higieniza de forma adequada os pincéis e demais acessórios para aplicar maquiagem.

Image title“Se houver nas maquiagens algum organismo com capacidade de infecção, há o risco de aparecer uma doença. E as mais comuns são conjuntivites nos olhos e infecções superficiais na pele. A área dos olhos é, sem dúvida, a região de maior sensibilidade para alergias e irritações. Além disso, batom e blush também podem causar problemas, apesar de serem aplicados em regiões consideradas íntegras. O risco aumenta se a usuária da maquiagem apresentar espinhas na pele, pois a lesão vai funcionar como ponto aberto na cútis e por ali pode haver a penetração de agentes infecciosos”,.

Fonte: www.meionorte.com