20% das denúncias que chegam aos Conselhos Tutelares são de abuso sexual

Políticas públicas estão sendo desenvolvidas em Teresina para combater essa prática, mas os dados ainda são muito altos.

ACOMPANHE A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DE SÁBADO (17/05) DO JORNAL MEIO NORTE.

Os casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes em Teresina continuam preocupantes e chamando a atenção de autoridades no assunto. De todas as denúncias que chegam diariamente aos Conselhos Tutelares da capital, 20% são de casos de abuso sexual contra essa parcela da população. A informação foi passada, na última sexta-feira (16), pela gerente de Proteção Social Especial da Semtcas, Iracilda Braga, durante atividade em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que é comemorado no dia 18 de maio.

Ela afirma que políticas públicas estão sendo desenvolvidas em Teresina para combater essa prática, mas os dados ainda são muito altos. ?Nós temos uma rede de apoio a essas vítimas e de combate a essa prática. Hoje nós trabalho em conjunto com Conselhos Tutelares, Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, Casa de Zabelê, dentre outros. Mas precisamos reforçar ainda mais esse trabalho?, disse.

Outra informação que também assusta é o fato de 70% das crianças e adolescentes que são abusados hoje serem vítimas de pessoas próximas como alguém da família, amigo ou vizinho. ?Essas são pessoas que teoricamente deveriam proteger e isso dificulta ainda mais a prevenção desses casos e a proteção dessas crianças, assim como a identificação desse culpado?, disse a gerente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social Leste (Creas-Leste), Ana Benedita Coelho.

FOTOS: KELSON FONTINELLE

















Fonte: Pollyana Carvalho