250 mil estudantes das 668 escolas da rede estadual voltam às aulas

As atividades escolares devem seguir até o dia 23 de dezembro

Já teve início a semana de volta às aulas nas escolas de Teresina. Hoje, 250 mil estudantes das 668 escolas da rede estadual de ensino dão continuidade às atividades escolares, que devem seguir até o dia 23 de dezembro.

Apenas os estudantes das instituições particulares voltaram às salas de aula na segunda-feira (03). Os alunos da rede pública de ensino tiveram a data alterada por conta do planejamento e, em alguns casos, do atraso no fechamento do período letivo no primeiro semestre.

Segundo superintendente de ensino, Viviane Fernandes, todo o planejamento de 2015 está feito, mas ontem os mais de 15 mil funcionários, entre professores e funcionários administrativos, retornaram ao trabalho para se organizarem.

“Estamos com tudo pronto para receber o discentes, inclusive com o planejamento da merenda, os professores lotados nas escolas e as adaptações do calendário acadêmico, onde haverá aulas em alguns sábados para que possamos fechar a carga horária do semestre. Dessa forma, esperamos finalizar o ano sem transtornos”, relata.

Os mais de 83 mil estudantes das escolas municipais retornarão apenas nesta quarta-feira às suas salas de aula. O motivo para o atraso das aulas é que alguns professores ainda não tinham completado os 15 dias de férias previsto por lei, já que os funcionários entraram de férias somente depois do dia 17 de julho.

“Ontem, os professores retornaram do seu descanso e já estão fazendo o encontro pedagógico para este mês. Esse semestre iremos fechar os 100 dias letivos que nos restam até o dia 22 de dezembro. Nós estamos com tudo sob controle para as aulas acontecerem o mais tranquilo possível”, esclarece.

Strans orienta pais ao deixarem os filhos na escola

Durante duas semanas, os agentes de trânsito permanecerão nas áreas próximas às escolas no centro da cidade, onde a situação piora nesta época do ano. Isso por que, os motoristas se atrapalham ao deixar os filhos na escola.

De acordo com a gerente de Educação no Trânsito, Samyra Motta, os agentes estão nas portas das escolas para orientar os condutores e evitar congestionamentos. "Estamos fazendo um trabalho educativo e pedindo que os pais estacionem em locais apropriados para evitar problemas nas ruas das escolas e não atrapalhar o trânsito", explica.

A gerente lembra que esse trabalho é realizado todos os períodos de volta às aulas, mas os condutores teimam em repetir os mesmos erros. "Estamos sempre realizando esse tipo de orientação, mas parece que os pais esquecem das instruções que demos na volta às aulas anteriores. Precisamos que esses responsáveis tomem mais consciência", ressalta Samyra.

Algumas orientações básicas podem ser tomadas para agilizar o momento de deixar o filho na porta da escola. O motorista deve entregar, por exemplo, dinheiro do lanche e/ou fazer as orientações necessárias em casa, para evitar a demora no desembarque.

Além disso, os pais devem procurar estacionar o veículo em locais permitidos, e, caso exista área de embarque/desembarque, ficar parado no local o menor tempo possível, pois o espaço é para todos.

Fonte: Pollyana Carvalho e Rhauan Macedo