3ª edição do Vila Bairro acontece no Renascença, zona Sudeste de Teresina

Para o prefeito Firmino Filho, o principal objetivo do Vila Bairro é manter um bom relacionamento entre a prefeitura e a população.

Com o objetivo de manter proximidade com os cidadãos e facilitar o atendimento à comunidade que nem sempre está disponível para se deslocar até o Centro, o Vila Bairro trouxe durante todo o sábado todas as secretarias da Prefeitura Municipal de Teresina para a praça principal do bairro Renascença, zona Sudeste da capital. No local foram realizados atendimentos diversos, onde a emissão de carteira de motorista gratuitamente foi um dos mais procurados.

Para o prefeito Firmino Filho, o principal objetivo do Vila Bairro é manter um bom relacionamento entre a prefeitura e a população: “Primeiro, acho que existe a maior prestação de serviços para beneficiar a comunidade.

Segundo, que acho bem mais importante, é a presença da prefeitura dentro da comunidade, estreitando relacionamentos e a amizade existentes entre nós e os bairros”, afirma. Na ocasião, o prefeito também aproveitou para assinar a ordem de serviço que determina a reestruturação da praça principal do Renascença: “Nós estamos assinando a ordem de serviço de reforma desta praça, sempre buscando agregar novos serviços à população”, declara Firmino Filho.

Das secretarias presentes, a Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social (SEMTCAS) foi uma das mais atuantes durante o Vila Bairro: “A SEMTCAS está ofertando serviços como o cadastro de passe livre para idosos e pessoas com deficiência, inscrição no Pronatec, revisão do Bolsa Família. Enfim, serviços que hoje são voltados para a área de assistência social. Hoje nós atendemos quase 6 mil pessoas, querendo ampliar o atendimento e possibilitar o atendimento direto com a comunidade”, afirma a secretária Mauricéia Carneiro.

Já Luiz Gonzaga, secretário executivo da Secretaria Municipal de Economia Solidária (SEMEST), afirma que o Vila Bairro é uma excelente maneira de encontrar produtores junto à comunidade: “Esse momento é uma oportunidade de descobrir potenciais no bairro e trazer esses produtores na rota das feiras”, explica.

A Fundação Wall Ferraz também esteve presente, em um espaço bastante concorrido em razão dos serviços estéticos ofertados. Cortes de cabelo, pintura, maquiagem, manicura e pedicura foram amplamente realizados na praça: “As pessoas fazem fila para serem atendidas, porque as pessoas gostam e também tem a questão da vaidade. Também estamos realizando artesanato em feltro, voltado para o período natalino”, relata Aparecida Caland, presidente da FWF.

O estande da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) era o mais disputado pelas crianças.



Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Sávia Barreto e Lucrécio Arrais