A cada 100 mil mulheres grávidas 98 morrem no PI, revela pesquisa

O óbito durante o parto cesariano tem crescido no Piauí e isso é um dado bastante preocupante

Mortes de mulheres durante a gravidez aumentou nos últimos anos, e esse dado é agravado uma vez que o número de partos cesarianos cresceu, em 2002 eram 29,2 % de todos os partos realizados no estado e em 2009 esse percentual atingiu , 45,1 %, esse tipo é mais perigoso que o normal. É o que aponta o relatório dos indicadores de Saúde do Estado, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde ontem.

Conforme, Leidimar Alencar, diretora de Vigilância e Atenção a Saúde, outro indicativo agravante preocupante é o de que para cada 100 mil mulheres, 98,48 morrem durante a gravidez, índice considerado elevado, pelas pesquisa do órgão de saúde. ?O óbito durante o parto cesariano tem crescido, isso é um dado preocupante?, relata. Os indicativos de saúde, publicados foram realizados nos 224 municípios do Piauí. Um ponto que em vez de aumentar, diminuiu foi um número de mulheres grávidas. Em 2002, para cada mil habitantes, nasciam 23,8 crianças vivas. Em 2009, a taxa foi de 20,43 nascidos. (T.T.)

Fonte: Thays Teixeira - Jornal Meio Norte