A história da Lamborghini, criada para bater a Ferrari

A história da Lamborghini, criada para bater a Ferrari

A história da Lamborghini

Lamborghini

Os carros esporte da Lamborghini são, assim como para muitos ?outros italianos?, destinados a viver sob a sombra do glamoroso Ferrari. Mas nesse artigo você irá ­aprender que os Lamborghinis tinham sua própria identidade e ocasionalmente até influenciaram a Ferrari.

A lenda conta que Ferruccio Lamborghini, um bem-sucedido empresário italiano, teve problemas mecânicos com a Ferrari que possuía e foi ignorado pelo próprio Enzo Ferrari quando tentou reclamar. Ressentido, Ferruccio decidiu começar a sua própria fábrica de carros esporte.

O primeiro resultado desse surto foi o Lamborghini GT 350 de 1964, um elegante cupê de dois lugares com um magnífico motor V12 projetado por Giotto Bizzarrini, ex-engenheiro da Ferrari. Os primeiros Lamborghinis mostraram à Ferrari o quão refinado um carro rápido e forte poderia ser, mas foi o Lamborghini Miura, de 1966, que mostrou ao mundo o quanto um carro de motor central podia ser belo e tecnicamente avançado.

A Lamborghini reescreveu as regras e criou com o Lamborghini Espada, de 1968, um genuíno carro exótico de quatro lugares, conseguindo sucesso contínuo com o Lamborghini Islero e o Lamborghini Jarama ― modelos potentes e de alta qualidade dos anos 70. No entanto, nem tudo foram flores. Supercarros compactos como o Lamborghini Urraco e o Lamborghini Silhouette desse mesmo período não foram bem sucedidos

A Countach foi outro marco para a Lamborghini e rapidamente se tornou um cobiçado carro de fantasia.

O Countach foi outro marco para a Lamborghini,

e rapidamente se tornou um cobiçado carro de fantasia

A Lamborhini rapidamente encontrou uma maneira de se levantar. Essa pequena e quase sempre financeiramente problemática fábrica achou uma maneira de produzir não apenas um marco com o Miura, mas um segundo com o lançamento da Lamborghini, o Countach em 1974. Esse selvagem e agressivo foguete de motor central iniciou uma era de vale-tudo em ultra-alta desempenho dos carros, mais uma vez pressionando a Ferrari a responder à altura, e se tornou a própria representação do espírito automobilístico renegado que moveu Ferruccio Lamborghini desde o início.

Fonte: aaaaaaaaaaaaa