Aborto mal feito mata 70 mil mulheres por ano

Maioria das mortes ocorre em países subdesenvolvidos onde a prática é proibida

Cerca de 70 mil mulheres morrem todos os anos vítimas de abortos malfeitos, segundo um relatório do Instituto Guttmacher, divulgado neste mês de outubro. Segundo o relatório, o número de abortos vem caindo nos últimos anos, sobretudo no leste europeu, mas estes dados se referem sobretudo às intervenções feitas em países onde a prática é legalizada.

As últimas estatísticas são de 2003, quando foram registrados 41,6 milhões de abortos em todo o mundo, número menor que os 45,5 milhões de 1995. Deste total, 19,7 milhões foram abortos clandestinos em 2003, menos que os 19,9 milhões registrados em 2005.

O relatório diz que a imensa maioria dos abortos clandestinos acontece nos países subdesenvolvidos da África, América Latina e Caribe, onde a legislação ainda proíbe ou restringe a prática.

Fonte: R7, www.r7.com