Abrigo sofre com surto de diarréia

Os desabrigados instalados no Ginásio Edimilson Jorge, localizado no bairro Dirceu Arvoverde, estão passando por sérios problemas

Mau cheiro, sujeira e um calor insuportável. O resultado: um surto de diarréia. Essa é a situação das 66 crianças abrigadas no ginásio Edimilson Jorge, localizado no bairro Dirceu Arvorde.

Desde que se instalaram no local, fugindo dos alagamento da Vila Lucy, as famílias tem encarado além do desconforto, o surgimento de várias doenças. ?É gripe, é diarréia, coceira. Tudo de ruim aparece? disse Janaína Marques, mãe da pequena Maria Eduarda, que já está com diarréia há mais de duas semanas.

Os desabrigados contam que a Prefeitura tem dado assistência médica pelo menos três vezes na semana, mas destacam que o problema é ainda maior, uma vez que a insalubridade é a principal causa do aparecimento das doenças.

Sem banheiros que atenda à demanda das 38 famílias que estão no local, as crianças com diarréia defecam em locais inadequados, o que termina contaminando os demais que brincam no local. As fezes espalhadas pelo chão, provocam, além do mau cheiro, um acúmulo de moscas no local.

Os pais dizem não ter controle da situação. Eles alegam que muita gente junto é difícil manter o local limpo, principalmente, por conta da grande quantidade de crianças com diarréia. ?Isso só vai ser resolvido no dia que a gente conseguir morar em um lugar seguro, porque todos os anos temos que vir para os abrigos e os mesmos problemas voltam a acontecer?, disse a desabrigada.

Fonte: Carolina Durães, Jornal Meio Norte