Acidente aéreo mata um dos maiores profissionais da fotografia brasileira

Acidente aéreo mata um dos maiores profissionais da fotografia brasileira

Entre as vítimas do acidente aéreo que matou Eduardo Campos estava o fotógrafo Alexandre Severo, que trabalhava com o ex-governador do Pernambuco, acompanhando o então candidato à Presidência da República no dia a dia de sua campanha.

O fotógrafo, nascido em Recife em 1978 e radicado em São Paulo, deu início à sua carreira em 2002 e atuou no diário pernambucano Jornal do Commercio de 2005 a 2011. Entre seus trabalhos de destaque, incluem-se o ensaio "À flor da pele", onde retratou o cotidiano de irmãos negros e albinos - e pelo qual ganhou menção honrosa no 31º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos -, e "João de Deus", ensaio sobre um médium brasileiro que realiza cirurgias espirituais, entre outros.

Sertanejos e vaqueiros foram retratados pelo fotógrafo, que também deu luz a expressões de cultura popular regionais, como o Maracatu Rural Cambinda Brasileira, situado no Engenho Cumbe, em Nazaré da Mata, Pernambuco.




Fonte: Brasil post