Acidente com bonde turístico mata 2 e fere mais de 40 pessoas

Acidente com bonde turístico mata 2 e fere mais de 40 pessoas

Ao menos 31 pessoas foram levadas a hospitais em Campos do Jordão, Taubaté e Pindamonhangaba.

Duas pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas após o descarrilamento de um bonde turístico, que faz o percurso entre Pindamonhangaba e Campos do Jordão (SP), na região do Vale do Paraíba, por volta das 18h30 de ontem (3).

O acidente ocorreu em um trecho de serra que fica no município de Santo Antônio do Pinhal (161 km de São Paulo), próximo ao km 32 da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123). Os bombeiros informaram que havia 45 pessoas no bondinho, entre passageiros e tripulantes.

O bondinho descia a serra, no sentido Pindamonhangaba, quando descarrilou e se arrastou pelo barranco. Um helicóptero Águia da PM localizou o bondinho e orientou as equipes dos bombeiros a chegarem ao local por terra.

Dezoito do Corpo de Bombeiros em Campos do Jordão, Pindamonhangaba e outras cidades vizinhas ajudaram no trabalho de resgate das vítimas, que terminou por volta das 20h.

Segundo os bombeiros, também ajudaram no resgate sete equipes da PM e 11 ambulâncias das prefeituras de Campos do Jordão, Pindamonhangaba e Taubaté.

Ao menos 31 pessoas foram levadas a hospitais em Campos do Jordão, Taubaté e Pindamonhangaba. Segundo os bombeiros, o restante dos feridos buscou atendimento por conta própria.

A estrada de ferro pertence à EFCJ (Estrada de Ferro Campos do Jordão), ligada à Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos, e é uma das mais antigas do Estado.

Em nota, a EFCJ afirmou que instaurou uma sindicância para apurar as causas e responsabilidades do acidente.

"A empresa lamenta o ocorrido e está prestando toda a assistência às vítimas e a seus familiares. O diretor-presidente da Estrada de Ferro de Campos do Jordão, Ayrton Camargo, está coordenando as ações de atendimento às vítimas", diz o texto.

O caso foi registrado 1º Distrito Policial de Pindamonhangaba.

Fonte: Folha