Acidente de trânsito bate recorde no HUT no mês de julho

O HUT registrou 1.323 acidentes de trânsito somente em julho

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) realizou durante o mês de julho 1.323 atendimentos de acidente de trânsito: o maior registrado durante o ano de 2016. Se comparado com o mesmo período do ano passado o aumento foi de 15,5%. Com relação ao atendimento geral foram 6.303 pessoas, representando assim, um aumento de 18,4%, também se comparado ao mesmo período do ano passado.

Os acidentes com motocicletas representam 83% do total de acidentes de trânsito. Como é a única referência para o atendimento ao trauma para todos os 224 municípios do estado do Piauí e parte de outros estados como Ceará, Pará, Tocantins e Maranhão, o HUT trabalha com uma demanda crescente e acima da sua capacidade. Para o diretor geral do HUT, Dr. Gilberto Albuquerque, esse aumento é um reflexo da imprudência no trânsito que tende a aumentar durante finais de semana, datas comemorativas ou feriados prolongados e férias escolares.

“Muitas pessoas aproveitam as férias para viajar com a família e as que não viajam ficam na cidade e a rotina, na maioria das vezes, é recheada de eventos. A mistura de álcool e direção ainda é a principal causa dos acidentes de trânsito, que estão ficando cada vez mais graves com vítimas sequeladas ou até fatais”, declarou o diretor.

O paciente Francisco Vieira, de 60 anos, do município de Barras, está internado no HUT desde o último domingo, 31 de julho. Vítima de acidente com motocicleta teve uma fratura exposta na mão direita e agora está se recuperando da cirurgia para fazer uma plástica. “O atendimento foi rápido e já estou me recuperando bem. Não quero mais pilotar moto. Quero poder voltar logo pra casa e pra minha família”, destacou Francisco.

Com apenas 19 anos, Alan Lima, é trabalhador da roça e está sem poder trabalhar desde o dia 17 de julho quando sofreu um acidente com sua motocicleta. Ele fraturou a mão direita e teve um traumatismo craniano. Depois de passar horas consumindo bebida alcoólica em um bar na sua cidade, em Piracuruca, Alan conta que resolveu atender um convite de um amigo para uma festa e depois disso não se lembra de mais nada.

“Peguei minha moto e sai com meu amigo. Não lembro como o acidente aconteceu. Esse não foi meu primeiro acidente com moto envolvendo bebida alcoólica. Porém, dessa vez aprendi a lição. Quando eu for beber voltarei pra casa caminhando ou de carona com amigos”, comentou Alan.

Para agilizar a assistência e manter a qualidade o Hospital reforçou suas equipes de cirurgiões ortopédicos nos domingos. De acordo com o Dr. Gilberto, essa medida está diminuindo o tempo de internação e aumentando a capacidade de atender mais pessoas.

“Além dos quatro cirurgiões ortopédicos que já cumprem sua escala normal de plantão no domingo, nós colocamos mais cirurgiões para atender os casos de urgência. Temos plantões de 12 horas/dia em que o Hospital disponibiliza até seis cirurgiões ortopédicos nesses dias. Esse reforço ampliou o número de cirurgias ortopédicas chegando a atingir a marca de 69 procedimentos cirúrgicos, apenas em um domingo. Estamos fazendo um verdadeiro mutirão ortopédico aos domingos no HUT”, explicou o diretor.

Fonte: Portal MN