Acidente em rodovia mata três pessoas da mesma família

Acidente em rodovia mata três pessoas da mesma família

Menino, que completou 2 anos, a mãe e a avó morreram na colisão.

As comemorações de aniversário de Rafael Leandro, de dois anos, terminaram em tragédia na madrugada deste sábado (4) depois que o menino a mãe e a avó morreram em um acidente na Rodovia Santos Dumont (SP-075), em Campinas (SP). A família voltava da confraternização, realizada em São Paulo (SP), quando o carro passou uma pedra e o motorista, pai do menino, perdeu o controle da direção, no km 73, nas proximidades do Jardim Itatinga. O pai do menino, Renan Leandro, de 25 anos, saiu do veículo para sinalizar o acidente quando um micro-ônibus atingiu o carro, matando os três no local.

Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o acidente aconteceu por volta de 1h e a pista ficou interditada até às 4h, quando foi removido o carro da família, que estava cheio dos presentes ganhos na festa na capital. O tacógrafo do micro-ônibus, instrumento de medição de velocidade, estava quebrado e não foi possível averiguar a quantos quilômetros por hora o veículo seguia no momento em que atingiu o carro da família de Leandro. Tanto o motorista do coletivo, que transportava apenas um outro passageiro no momento, quanto o pai de Rafael sofreram ferimentos leves e escoriações. Ambos foram levados para o pronto-socorro do Hospital São José, em Campinas.

O pai recebeu alta médica e foi levado para a casa do irmão, Douglas Leandro, que disse que ele ainda está em estado de choque. "Fisicamente ele está bem, mas o lado emocional não tem como", lamenta."Em um golpe ele perdeu a família inteira e ainda assistiu tudo", conclui. De acordo com ele, a sogra do irmão, de 47 anos, morava com a filha e o neto. A filha dela, mãe de Rafael, tinha 23 anos. A dificuldade, segundo o irmão, é maior, já que a tragédia aconteceu em um dia que deveria ser de alegria. "Ele está mal "pra" caramba, mas não tem como não ficar", resume.

Pedra na Pista

Uma suspeita é de que o acidente possa ter sido provocado. O irmão de Leandro acredita que assaltantes tenham jogado as pedras na frente do veículo para forçar o motorista a sair do carro. Um boletim de ocorrência foi registrado e a polícia deve investigar o acidente. O velório da família será realizado às 13h, no Cemitério dos Amarais, em Campinas. O enterro será no mesmo local, às 16h.

Fonte: G1