Acidentes diminuem, mas aumenta gravidade

Relatório - Acidentes diminuem, mas aumenta gravidade

O Relatório Vida no Trânsito, com dados do terceiro trimestre de 2014, apontou uma diminuição dos acidentes, porém apresentou aumento na gravidade dos mesmos.

Com base nestas estatísticas, o Maio Amarelo - Atenção pela Vida foi aberto no Piauí com Blitz educativa. A ação foi realizada na manhã de ontem (09) no cruzamento das Avenidas Miguel Rosa e Frei Serafim.

A programação alusiva à data chama atenção para a violência no trânsito. Para alertar os condutores foram distribuídos panfletos informativos para orientá-los e conscientizá-los sobre as atitudes corretas para um trânsito seguro.

De acordo com a gerente de Educação de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Samyra Motta, hoje o trânsito mata mais que o câncer, e este alto índice é relacionado com falta de prudência e desrespeito às leis de trânsito.

“Por isso sempre trabalhamos chamando atenção para os acidentes e mortes no trânsito. Pedimos que os motoristas e motociclistas respeitem as leis e o espaço do outro”, disse.

Segundo a coordenadora do Maio Amarelo do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), Kislley Urtiga, as ações da Campanha serão mais intensivas este mês, não só na capital, mas em todo o Estado. “O Detran entendeu que o problema dos acidentes de transito como epidemia.


Em 2001 nós eramos o vigésimo Estado mais violento no trânsito e em 2011 já aparecemos como o quarto mais violento, que mais mata no trânsito”, elenca a coordenadora ao frisar que, por isso, é preciso fiscalização, educação e parceria.


“Trânsito não se faz só, precisamos do Strans perto da gente, das associações e das empresas formadoras de condutores”, completa.

Dentro da programação da Campanha serão realizadas palestras nas escolas estaduais e municipais.


Serão duas ações por semana na capital e depois elas seguem para os municípios com trânsito municipalizado. Um passeio ciclístico deve finalizar a Campanha no dia 26 deste mês. Além disso, haverá uma exposição de carros antigos embaixo da Ponte Estaiada, no dia 17.

Fonte: Aline Damasceno