Acidentes e mortes acendem alerta para ultrapassagens perigosas nas estradas do Piauí

No Piauí, dois graves acidentes em um dia deixaram um saldo de 12 mortos.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (17) DO JORNAL MEIO NORTE

Ultrapassagens em locais proibidos são os principais motivadores de acidentes nas estradas seja no Piauí ou em todo o Brasil. Esse ato de irresponsabilidade no trânsito corresponde a maioria dos acidentes que acontecem. No Piauí, dois graves acidentes em um dia deixaram um saldo de 12 mortos.

No primeiro deles, um ônibus, que de acordo com as primeiras investigações da Polícia Rodoviária Federal fazia uma ultrapassagem em local proibido, se chocou contra um caminhão que transportava combustível, causando incêndio nos dois veículos, na BR-316, há 3km da sede do município de Monsenhor Gil, vitimou fatalmente sete pessoas.

Já no segundo, quatro pessoas morreram quando o carro em que estavam colidiu de frente com uma carreta na BR-135, próximo a cidade de Redenção do Gurgueia, no sul do Piauí. A batida frontal é mais uma prova de que um dos motoristas trafegavam pela pista contrária durante a colisão.

Ignorar o perigo e forçar a passagem por locais proibidos é prática comum nas estradas, como relata o motorista Carlos Alberto Sousa, que dirige pelas estradas do Brasil há mais de 10 anos: “Meu trabalho (como representante comercial) exige que eu viaje durante boa parte do mês e, nessas viagens, é comum vermos diversos flagras de desrespeito às leis de trânsito. Já escapei por pouco algumas vezes e o sentimento é de alívio a cada viagem cumprida.”

Repórter: Victor Costa

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Victor Costa