Açougueiro é demitido por vídeo simulando urinar em carne

Funcionário fingiu que urinava enquanto trabalhava e perdeu emprego

Um auxiliar de açougue da cidade de Alfenas, no sul de Minas, foi demitido após circular um vídeo dele, supostamente urinando dentro de uma bacia cheia de carnes. Depois da confusão, Heverton da Silva Teixeira, de 26 anos, publicou um vídeo em uma rede social explicando que tudo não passou de uma brincadeira e pedindo desculpas, mas não adiantou.

Uma imagem aparentemente inocente, com uma intenção simples: brincar. O homem que aparece no vídeo simula que está dando “aquela aliviada” em uma bacia de carnes. Mas nas imagens é possível perceber que, na verdade, era água que saía de uma mangueira. O problema é que tudo foi gravado dentro de um supermercado.

Rapidamente o vídeo foi compartilhado e chegou até aos donos do estabelecimento. E o que seria apenas mais uma situação engraçada nas redes sociais, se transformou em um problema para o auxiliar. Logo que o vídeo viralizou, Teixeira percebeu que a brincadeira havia saído do controle. Então, ele resolveu gravar um novo vídeo, em que ele pede desculpas.

Apesar do novo vídeo, a retratação não deu resultado. Pelo telefone, o gerente do supermercado informou que, assim que teve acesso ao conteúdo, procurou a polícia e registrou um boletim de ocorrência e o funcionário foi demitido por justa causa. Ainda de acordo com o gerente, a gravação foi feita no momento em que Teixeira jogava água para descongelar as carnes embaladas – o que não é o procedimento correto.

Image title

Image title

Image title



Fonte: Com informações do R7