Adapi lança nova ofensiva contra febre aftosa

A ordem é tirar o rebanho bovino e bubalino do Piauí da situação de médio risco

A próxima campanha a ser desenvolvida no Piauí para combate à febre aftosa no interior do Estado será resultante de convênio entre a Agência de Defesa Agropecuária (Adapi) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A ordem é tirar o rebanho bovino e bubalino do Piauí, estimado em 1.650 milhão de cabeças, da situação de médio risco para a febre aftosa para área livre com vacinação.

A Adapi, depois de vacinar 91,76% do rebanho bovino piauiense contra a febre aftosa em sua última campanha de vacinação, realizada em novembro do ano passado, está preparando a campanha de vacinação relativa ao mês de maio.

Com este fim, a Adapi está sendo preparada para colocar em operação um grande projeto de preparação dos seus 120 escritórios no interior do Estado com 120 motos, 17 camionetes, 16 carros do tipo Uno, 160 computadores, GPS e fone fax visando com isso dotar os técnicos de todos os equipamentos, que possam facilitar seu desempenho, ao mesmo tempo em que abre concurso para mais 80 técnicos entre veterinários e agrônomos.

O gerente estadual de Defesa Animal, Raimundo José Mendes Silva, informa que técnicos do Ministério da Agricultura já estiveram no Piauí no período de 22 a 26 de março último, para realização de auditoria com vistas a identificar possíveis falhas para serem sanadas imediatamente.

Com isso, entram em ação todos os equipamentos já disponíveis que serão entregues ao serviço imediatamente a depender da agenda do governador Wilson Martins. O pessoal do Ministério e da Adapi estabelecerão plano de ação a ser executado em todo o Piauí para levar o Piauí à zona livre de aftosa com vacinação até o fim deste ano.

Para chegar à situação atual, o Piauí começou a campanha de vacinação em outubro de 2003, atingindo apenas 53% do rebanho. Com a criação da Adapi, em 2006, o combate à doença foi intensificado, alcançando índice superior a 90% de cobertura em 2009.

Fonte: CCOM