Adolescente esquizofrênico que era mantido amarrado é internado em GO

Adolescente esquizofrênico que era mantido amarrado é internado em GO

Um adolescente de 17 anos, que tem esquizofrenia e esperava há mais de um mês por tratamento especializado na rede pública de saúde, conseguiu uma vaga em um hospital psiquiátrico de Anápolis, a 55 km de Goiânia. Enquanto aguardava pela ajuda, ele era mantido amarrado em uma cama dentro de casa, pois, segundo a família, ficava muito agressivo durante as crises.

O caso era acompanhado pela Delegacia de Proteção ao Deficiente de Anápolis e pelo Ministério Público Estadual, que protocolou um pedido de vaga em um hospital junto à Justiça. O órgão, por sua vez, determinou que a Secretaria Municipal de Saúde da cidade providenciasse imediata internação do menor.

A mãe do adolescente, que não quis se identificar, conta que teve que deixar de trabalhar para cuidar do filho. Por isso, enfrenta dificuldades financeiras. Além disso, a mulher mostrou diversas marcas nas mãos e no rosto que, segundo ela, são resultado de constantes agressões feitas pelo filho.

“Socorro, me ajuda, meu filho que está sofrendo também. Eu não estou mais aguentando, não estou mais tendo forças para segurá-lo. Então, quando eu não der mais conta, quem é que vai cuidar do meu filho?”, questionou a mãe.

Após a obtenção da vaga, o menor foi levado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Sanatório Espírita de Anápolis, onde deve permanecer por tempo indeterminado. “Não só esse adolescente será tratado, mas toda a sua família receberá acompanhamento. Estamos nos envolvendo para ajudar a todos, com tratamento psicológico, ajuda financeira e tudo o mais que eles precisarem”, garantiu a assistente social da prefeitura Leidiane Moreira da Costa.

Fonte: g1.com.br