Adolescentes faltariam aulas para beber e fazer sexo em residência

Em depoimento, conforme a polícia, a adolescente disse que rotineiramente não ia à escola

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul informou nesta quarta-feira que investiga o aliciamento de adolescentes entre 11 e 16 anos para fins libidinosos em uma casa de Campo Grande (MS). De acordo com a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), os jovens "matariam" aulas para beber álcool e fazer sexo no evento que denominavam "Congresso do Bolimento".

Segundo a polícia, na tarde do dia 18 de agosto a mãe de uma menina de 12 anos procurou a delegacia para registrar que sua filha havia saído de casa para ir à escola, onde não apareceu, e não havia retornado até aquele momento. Em rondas nas proximidades do parque Ayrton Senna, a jovem foi encontrada em companhia de dois colegas adolescentes, que também haviam faltado à aula.

Em depoimento, conforme a polícia, a adolescente disse que rotineiramente não ia à escola. Nessas ocasiões, acompanhada de amigos, ela frequentaria a casa de um adolescente apontado como líder da gangue denominada "of the sexy". A estudante, segundo a polícia, confirmou que manteve relações sexuais com ele e disse haver a participação de adultos, donos das residências onde os encontros aconteciam. À evasão escolar, eles dariam o nome de "matamento ou matança".

Fonte: Terra