Advogado cobra honorarios de precatório

Advogado cobra honorarios de precatório

O professor e advogado Irineu Bezerra veio ao programa Agora, da Rede Meio Norte, para falar sobre o caso

Após a vitória do SINTE- PI (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública), que fará o Governo do Estado desembolsar R$ 408 milhões para pagamento de precatórios dos servidores da educação, surge um novo problema: os honorários a serem pagos aos advogados estão sendo postos em 27%, o que, segundo o professor e advogado Irineu Bezerra, é ?inconstitucional?.

Serão 11,4 mil trabalhadores em educação beneficiados em 12 anos. Os que têm direito a receber até R$ 15 mil começarão a receber ainda em setembro. Os advogados esperam receber 27% dos precatórios de cada professor, um total de R$ 120 milhões de reais. ?Isso é um roubo! O valor máximo de honorários estipulado pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) é de 20%?, diz o professor. ?Eu vou entrar com uma ação cautelar de causa própria junto a OAB, e tenho certeza que a ordem não vai aceitar isso.?

Irineu Bezerra convocou os outros professores a se juntarem a causa para uma reunião para o dia 14 de setembro, às 9 horas, na sede do SINTE. ?Eu não aceitei isso, eu não assinei nada. Você, professor, também não assine nada.?, completou o professor.









Fonte: Andrê Nascimento