Aeroporto Santos Dumont fecha para retirada de avião

Aeroporto Santos Dumont fecha para retirada de avião

Os três tripulantes que estavam no Learjet 55 – prefixo PT-LXO - da Ocean Air Táxi Aéreo foram resgatados

O avião executivo Learjet 55 ? prefixo PT-LXO - da Ocean Air Táxi Aéreo, que caiu na Baía de Guanabara após deslizar, nesta manhã, na cabeceira de uma das pistas do Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, foi retirado da água por dois quindastes por volta das 17h desta quinta-feira.

Em nota oficial, a Ocean Air Táxi Aéreo informou que aeronave deslizou na pista quando pousava no aeroporto, caindo de baixa altitude nas águas da Baía da Guanabara. Os três tripulantes foram resgatados sem ferimentos e encaminhados para avaliação médica.

Ainda de acordo com a Ocean Air, as causas do acidente estão sendo investigadas. A aeronave chegou a decolar do Santos Dumont com destino ao Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão) mas retornou ao Santos Dumont, onde aconteceu o acidente.

O Santos Dumont chegou a ficar completamente fechado para pousos e decolagens por 58 minutos. Por volta das 10h30, a pista auxiliar passou a ser utilizada para as operações. Entre 15h12 e 15h35, a auxiliar foi fechada para que guindastes entrassem na pista e começassem a operação de retirada do aviação. Às 15h57, foi bloqueada novamente e só será reaberta quando a aeronave for içada.

A Infraero, em nota, diz que está empenhada, junto com a empresa aérea e o Corpo de Bombeiros, em apoiar a retirada do equipamento do local.

Fonte: IG