Agentes fazem curso de aperfeiçoamento na abordagem de condutores em Teresina

Essa já é a segunda turma desse curso, que é ofertado pelo projeto Vida no Trânsito

Os policiais e agentes que atuam na abordagem de condutores em Teresina e nas rodovias federais que cortam o Piauí estão realizando um curso de aperfeiçoamento e atualização, para o melhor desempenho de suas funções. O curso que tem aulas teóricas e práticas realizou, na última terça-feira (15), uma blitz, no bairro Parque Piauí.

A blitz teve como objetivo colocar os agentes em contato com equipamentos modernos, como o radar móvel. Essa já é a segunda turma desse curso, que é ofertado pelo projeto Vida no Trânsito, e tem auxiliado os agentes a se atualizarem em relação às novidades dessa área.

"Esse é um curso muito bom, que teve uma adesão muito boa dos nossos agentes, tanto que já estamos na segunda turma. A parte prática, que foi realizada ontem, é sem dúvida bastante necessária, para que eles tenham contato com esses equipamentos", disse a gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta.

Para o sargento do BPRE, Fábio Barbosa, o curso é importante para auxiliar no aperfeiçoamento das atividades diárias de quem trabalha na abordagem de condutores.

"O curso é interessante e contribui muito. Primeiro nós vamos para a sala de aula e depois para a prática, então isso ajuda a aperfeiçoar o nosso conhecimento", pontuou.

Um dos instrutores do curso, Luís Otávio Miranda, explica que as aulas são embasadas em dois assuntos principais, que são o excesso de velocidade e a combinação álcool e direção.

"Nós percebemos que muitos condutores em Teresina excedem a velocidade permitida, que é de 60 km/h, para algumas vias, e eles excedem acima de 10% esse limite permitido. E nós sabemos que velocidade em excesso, no trânsito, é muito perigoso", afirmou.

Fonte: Pollyana Carvalho