Agentes investigam o caso da mulher achada esquartejada dentro de sacola

Corpo da vítima estava em sacolas

Uma mulher, ainda não identificada, foi encontrada morta nesta terça-feira (9) em Bertioga, no litoral de São Paulo. O corpo estava esquartejado e queimado, distribuído dentro de sacolas e bolsas. A vítima foi achada às margens da Rodovia Mogi-Bertioga.


Agentes investigam  o caso da mulher achada esquartejada dentro de sacola

De acordo com a Polícia Civil, funcionários do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) faziam trabalho de fiscalização da rodovia, próximo ao Km 88, em uma área de descanso, quando sentiram um cheiro forte de matéria orgânica em decomposição. Quando chegaram ao local de origem do odor, encontraram o corpo da vítima.

A mulher, descrita como magra, cabelos louros tingidos, 1,58m de altura, vestida com um shorts jeans, estava esquartejada e parcialmente carbonizada. Segundo a polícia, cabeça, pernas e braços foram separados do tronco, colocados em sacolas e bolsas e queimados. O rosto da vítima estava preservado, já as mãos foram totalmente desfiguradas.

Junto ao corpo havia um pneu queimado, utilizado para incinerar a vítima. Também foi encontrada uma carteira preta com R$ 20 em dinheiro, mas sem documentos. Dentro da carteira havia, ainda, dois flaconetes de cocaína.

O caso foi levado para a Delegacia Sede de Bertioga. A polícia já fez contato com os departamentos especializados em pessoas desaparecidas e passou as características da vítima, para tentar identificá-la.

Fonte: G1