Agentes penitenciários decidem cruzar os braços por 48 horas no PI

A paralisação é de 48 horas; categoria pede melhores condições de trabalho.

Os agentes penitenciários começaram na manhã desta quarta-feira (14), por volta de 7h30, uma paralisação de 48 horas. A categoria se concentrou em frente à Casa de Custódia. De acordo com agentes ouvidos pelo Meio Norte.com, o movimento pede a nomeação de concursados que, segundo eles, foi prometida pelo governo.

Além disso, a categoria exige alterações no estatuto que rege o trabalho desses servidores e o imediato pagamento de premiações, bem como de melhorias nas condições de trabalho. Com a paralisação, as visitas aos presos estão suspensas.

Líderes do movimento não descartaram a extensão da paralisação por tempo indeterminado caso as suas reivindicações não sejam atendidas.

De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários e Trabalhadores da Justiça, o Piauí tem um déficit de pelo menos 300 servidores nessa área. Eles reclamam ainda que sofrem várias doenças, como estresse devido excesso de trabalho.

Fonte: Portal Meio Norte