Agentes penitenciários do PI fazem curso de intervenção prisional

O objetivo é qualificar os agentes de segurança do estado

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), por meio da Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária (Duap), enviou 23 agentes penitenciários e seis policiais militares que atuam em presídios do Estado para participarem do curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário, promovido pela Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE), em Brasília.

De acordo com o diretor adjunto da Duap, Leandro Oliveira, o objetivo é, dentro da política de capacitação dos servidores que vem sendo implementada pela Secretaria da Justiça, qualificar os agentes de segurança dos estabelecimentos penais do Piauí para atuarem na parte de gestão de crises, fortalecendo, ainda, o Grupo de Intervenção Prisional do Estado.

“Este é, reconhecidamente, o melhor curso de intervenção em recinto carcerário do país. A manutenção do sistema prisional passa, necessariamente, pelo aprimoramento constante do trabalho dos profissionais para que eles possam assegurar a ordem nas unidades e dar suporte para o desenvolvimento das ações voltadas à reintegração social de detentos”, pontua Leandro Oliveira.

De acordo com a Sejus, de 2015 para cá, mais de 300 servidores foram capacitados em cursos de aperfeiçoamento em serviços penais, seguindo padrões nacionais e internacionais na área penitenciária e da segurança pública. O órgão, em parceria com a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), também criou a primeira pós-graduação em Gestão Prisional, com 60 vagas para agentes penitenciários.

Na visão do secretário da Justiça, Daniel Oliveira, o aprimoramento contínuo dos servidores da Sejus possibilita avançar na garantia da política de humanização dos estabelecimentos penais, dos direitos humanos e no processo de ressocialização. “Temos a Escola de Formação Penitenciária, que, nesse sentido, tem colaborado, significativamente, na capacitação de nossos servidores, com ótimos resultados”, destaca o gestor.

Em 2015, a Secretaria da Justiça proporcionou o curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário do DPOE para oito servidores da segurança prisional do Piauí. O novo curso teve início na última segunda-feira (26), e tem duração de 15 dias.


Curso do DPOE realizado em 2015	 (Crédito: Reprodução)
Curso do DPOE realizado em 2015 (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte