Agentes penitenciários do Piauí ajudam a conter rebeliões no Ceará

Secretaria de Justiça está criando Grupos de Intervenção Prisional

Os agentes penitenciários Alex Gomes, Delfran Rodrigues e Maurício Teixeira representaram o Piauí no suporte dado ao sistema penitenciário do Ceará para conter as rebeliões ocorridas no mês de maio. O grupo de agentes atuou voluntariamente no Ceará, juntamente com agentes penitenciários de vários estados da Federação, treinados pelo Diretoria Penitenciária de Operações Especiais do Distrito Federal (DPOE).

"Essa experiência mostra que podemos cuidar do sistema, estabelecendo disciplina e ordem, fazendo com que ele funcione de modo a cumprir seu papel, tanto na segurança como na ressocialização", pontua Alex Gomes.

O secretário de Justiça do Piauí, Daniel Oliveira, recebeu os agentes penitenciários e destaca que o Estado está avançando no treinamento e equipamento dos agentes para atuarem em operações especiais. "Vários cursos de capacitação de agentes e outros servidores estão sendo realizados do Piauí. O objetivo é atuar na prevenção e garantir uma força de segurança ágil, eficaz e eficiente na manutenção da ordem", diz o gestor.

A Secretaria de Justiça está criando Grupos de Intervenção Prisional para atuar no sistema penitenciário de forma preventiva e, também, durante ocorrência de problemas como motins e rebeliões. Os grupos serão formados por agentes penitenciários e policiais militares especializados em ocorrências de maior grau de desordem. O objetivo é dar mais eficácia na contenção desses problemas.

Fonte: Com informações do Portal do Governo