Agespisa investe R$ 96 milhões em obras de esgotamento no interior

Após ter dívidas de mais de R$ 900 milhões, a Agespisa passa por um processo de reestruturação

Após ter dívidas de mais de R$ 900 milhões, a Agespisa passa por um processo de reestruturação e passa a viver uma nova fase, que vai priorizar investimentos, obras importantes e tecnologia. Segundo o presidente do órgão, Raimundo Leite, na atual etapa de obras estão sendo investidos mais de R$ 96 milhões em serviços de esgotamento sanitário nas cidades de União, Amarante, Guadalupe, Murici dos Portelas, Ilha Grande e Porto. Já em Teresina estão sendo investidos cerca de R$ 102 milhões em esgotamento, que hoje atinge 52% da capital. As obras têm recursos assegurados pela Codevasf.

" Vivemos uma nova fase. Hoje estamos quitando todos os débitos da empresa, sanando dívidas e antecipando compromissos com nossos funcionários", disse Raimundo Neto ao meionorte.com na tarde desta terça-feira(31). Para ele, o investimento é focado na área de saúde pública com recursos viabilizados junto ao Ministério das Cidades.

Raimundo Neto anunciou que em breve após processo de licitação, a empresa irá oferecer um serviço moderno em leitura que será registrada em fotos no celular e o usuário irá ter acesso aos dados da leitura através da internet, acabando assim, a desconfiança com relação aos valores estipulados em talões.



Fonte: Marcos Moraes