Agespisa investigas bairros por causa de fraudes em THE

s investigações iniciaram após a descoberta de ligações clandestinas na adutora do Poço Marruás, no Sul do Piauí

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTE SÁBADO (12) DO JORNAL MEIO NORTE

Várias áreas em Teresina estão sendo investigadas pela Agespisa, na tentativa de identificar possíveis fraudes, que poderiam estar causando a reincidência da falta de água em muitos bairros da cidade. As investigações iniciaram após a descoberta de ligações clandestinas na adutora do Poço Marruás, no Sul do Piauí.

O presidente da Agespisa, José Augusto Nunes, afirma que, com a descoberta da fraude, todas as adutoras do Estado passaram a ser investigadas, assim como regiões urbanas, que apresentam problemas em vários municípios do Piauí. Teresina também não ficará de fora destas fiscalizações, tendo ênfase as áreas onde o problema é mais recorrente, como o Residencial Jacinta Andrade, por exemplo.

A operação que encontrou as fraudes em Poço de Marruás foi desencadeada após reclamações de moradores, de que o abastecimento de água não estava suprindo a demanda. Em Teresina, as fiscalizações também terão ênfase onde as reclamações são maiores. ?Nós produzimos água suficiente para abastecer toda a cidade e não conseguimos entender tanta falta de água. Em alguns lugares acontece porque as pessoas não fecham as torneiras direito ou possuem vazamentos e isso acaba causando desperdícios, mas há também essa outra possibilidade. Não vou afirma que estão sendo realizadas fraudes em Teresina, mas vamos investigar?, disse.

Fonte: Pollyana Carvalho