Agora recebe médico ortopedista, Alexandry Dias, para falar de hérnia de disco

Agora recebe médico ortopedista, Alexandry Dias, para falar de hérnia de disco

O médico explicou que, atualmente, com o advento de novas técnicas os médicos tem conseguido obter muitos bons resultados e permitindo a recuperação

O apresentador Silas Freire, recebeu hoje no estúdio do Programa Agora o médico ortopedista, Alexandry Dias, que falou sobre as causas, sintomas e tratamentos que envolvem um problema que tem tirado o conforto, a saúde e o bem estar de muitas pessoas: a hérnia de disco.

O médico explicou que, atualmente, com o advento de novas técnicas os médicos tem conseguido obter muitos bons resultados e permitindo a volta da vida do paciente de forma mais natural possível. ?Temos conseguido fazer acessos menores, menos invasivos e com uma recuperação mais rápida. Existem vários tratamentos e a cirurgia é uma das formas de tentar trazer o paciente para uma vida mais natural e nenos dolorosa e cheia de limitações?, conta o ortopedista.

Indagado sobre a neuropuração, Alexandry Dias explica que esta é uma técnica realizada por neurologistas permitindo com que o sistema volte a funcionar de maneira mais ordenada. ?As pessoas achavam que a hérnia de disco era uma doença de pessoas de mais idade. Com os avanços da medicina e dos diagnósticos não tem idade, com a melhora do conhecimento sobre a doença, exames mais apurados e as exigências mundo moderno é possível fazer esse diagnóstico cada vez mais precoce?, conta.

Dentre os transtornos causados pela hérnia de disco, as dores intensas e incapacitação e com necessidade de internação hospitalar são as que mais afligem quem sofre com a doença. ?Uma opção para combater esses sintomas é a saída do sedentarismo, prática de atividades físicas em especial as aeróbicas e de alongamento que estimulam o fortalecimento da musculatura?,orienta Alexandry Dias.

Ele explica ainda que as dores na região lombar são muito mais sintomáticas e preocupantes e que atualmente a substituição do disco degenerado por um disco artificial pode ser uma opção para se ter uma qualidade de vida um pouco melhor para os pacientes.

Na entrevista o médico aproveitou para convidar pessoas da área de saúde para um evento que será realizado no Blue Tree Rio Poty Hotel neste sábado, dia 22, a partir das 8h para o Simpósio de Cirurgia Minimamente Invasiva.

Fonte: Marcilany Rodrigues