Água se torna um produto de luxo no residencial Paulo de Tarso, Z. Norte de Teresina

Água se torna um produto de luxo no residencial Paulo de Tarso, Z. Norte de Teresina

A creche da comunidade Paulo de Tarso tem 156 crianças e os problemas se multiplicam com a falta d`água.

A falta de água no residencial Paulo de Tarso, na Santa Maria da Codipi, Zona Norte de Teresina, fez o bem natural se transformar em produto de luxo. Somente na madrugada, o líquido chega às torneiras, o que nem sempre acontece nos finais de semana. A situação só piora, segundo os moradores.

Dona Maria Elenir, tem uma filha com problemas de saúde. Nas situações difíceis ela vai do conjunto Paulo de Tarso ao Promorar para conseguir água e amenizar o sofrimento da filha. ?A gente sofre bastante aqui com a falta d`água. Ela (sua filha) estudava, eu tirei(da escola) porque não tinha como ir porque não tinha água?.

?É triste demais. Crianças vão para o colégio e saem às vezes até sem tomar banho. Quando é 9h30, 10h, já estão liberadas porque não tem água nem para fazer a merenda, e quando chegam em casa não tem comida feita; a gente tem que improvisar?, diz a dona de casa Auzenir Borges.

A creche da comunidade Paulo de Tarso tem 156 crianças e os problemas se multiplicam com a falta d`água. A direção toma algumas providências para amenizar a situação. Nós temos dois tambores, um de 170 litros e outro de 75, e vasilhames nos banheiros. E quando só dá pra cozinhar, a gente usa o álcool gel nas mãos das crianças para garantir a higiene, diz a diretora da creche.

Fonte: Denison Duarte