Alagoas registra três tremores de terra em um dia

Um quarto abalo ainda é investigado em outra cidade alagoana.

Três tremores de terra foram registrados nas cidades de Messias (AL) e Rio Largo (AL) na tarde desta quinta-feira (11). O primeiro aconteceu às 17h09, o sergundo ocorreu às 17h20 e o último foi apontado pelos equipamentos às 17h40. Um quarto abalo ainda é investigado e teria ocorrido na cidade de Santana do Mudaú (AL).

Segundo o coordenador do departamento de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Joaquim Ferreira, o segundo abalo atingiu magnitude de 2,3 na escala Richter. "A magnitude do primeiro e do terceiro tremor ainda não foi possível ser calculado."

Ferreira disse ao G1 que o último tremor de terra registrado em Alagoas ocorreu em 2006, em São Brás (AL).

Histórico no Nordeste

"O Nordeste é a região que mais registra abalos no Brasil. Ainda não conhecemos com toda a clareza o histórico geológico da região além do período que o Nordeste passou a ser habitado. Estudamos o histórico recente, mas ainda assim faltam informações", disse Ferreira.

Várias cidades no interior de Pernambuco têm registrado abalos nos últimos meses. A cidade de São Caitano (PE) registrou um tremor de 2,1 na escala Richter nesta quarta-feira (10) . Também fooi registrado outro tremor de 2,4 no fim de fevereiro, os municípios de Caruaru (PE) e Alagoinha (PE) foram atingidos por abalos recentemente.

O coordenador ressalta que não é possível explicar o motivo pelo qual esses tremores no Nordeste estão se tornado frequentes nos últimos meses. ?Esses abalos acontecem depois de um período de acúmulo de tensões dentro da placa. Quando as tensões atingem determinado patamar, elas disparam. Mas o motivo por ter acontecido um abalo agora não é possível explicar.

Fonte: g1, www.g1.com.br