Alimentação influencia na saúde dos homens, revela pesquisa

Alterações simples na dieta podem ajudar a evitar problemas sérios

Image title

Alimentação influencia na saúde dos homens

Os homens costumam dar menos atenção à saúde e, com isso, têm uma menor expectativa de vida. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2013 a expectativa de vida das mulheres chegou a 78,6 anos, enquanto a masculina foi de 71,3. “A mudança de hábitos é um passo importante para a prevenção de doenças. E alterações simples na dieta podem ajudar a evitar problemas sérios, como o câncer”, explica a especialista em alimentação saudável, Cristina Ferreira.

“O tomate, por exemplo, devido ao alto teor de licopeno, tem propriedades anticancerígenas”, destaca a gerente. “O licopeno é um carotenoide e, por isso, age como um antioxidante no organismo, neutralizando os radicais livres, responsáveis por alterarem o DNA das células e desencadear o processo cancerígeno. A substância também fortalece o sistema imunológico e especula-se que pode atuar contra o câncer de esôfago, pulmão e pele”, complementa a especialista.

Um dos principais estudos na área é da Universidade de Harvard. Os pesquisadores avaliaram 47.894 homens, com idade entre 40 e 75 anos, e constataram que uma dieta rica em salada, molho e suco de tomate (10 ou mais refeições por semana, com alimentos ricos em licopeno) pode reduzir em mais de 50% o risco de desenvolver câncer de próstata. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, esse é o segundo tipo de câncer fatal entre os homens. “O consumo do molho de tomate e não da fruta fresca favorece a concentração sanguínea de licopeno. O processamento térmico favorece a absorção do licopeno pelo organismo. A ingestão do suco de tomate também resulta em um aumento de duas a três vezes nas concentrações de licopeno no corpo do homem”, finaliza a gerente industrial.

Fonte: Jornal MN