Aluno filma com celular professor praticando bullying nos EUA

Aluno filma com celular professor praticando bullying nos EUA

O vídeo foi entregue ao Conselho de Educação do condado de Gloucester, Nova Jersey

Julio Artuz, um garoto de 15 anos portador de necessidades especiais, filmou com o celular um de seus professores praticando bullying contra ele. No vídeo, seu professor o chama de ?retardado?, e trava uma discussão com o aluno durante alguns minutos da aula. O vídeo foi entregue ao Conselho de Educação do condado de Gloucester, Nova Jersey, EUA, que suspendeu imediatamente o professor.

De acordo com uma reportagem realizada pelo ABC News sobre o caso, o garoto já tinha avisado o seu pai sobre as atitudes nada educadas de seu professor. No entanto, o pai desacreditou do menino de uma forma tão cética que pediu para ele oferecer provas disso. E foi o que Artuz fez.

"Os professores devem educar os alunos e construir sua autoestima, e não colocá-los para baixo. Você não pode gritar com eles... Não pode degradá-los e ameaçá-los", disse Joyce McCormick-Artuz, a mãe do garoto, durante uma entrevista.

Steven Roth, o professor, viu o vídeo na presença da mãe do garoto e o diretor da escola. Na ocasião ele disse que havia tido uma ?manhã ruim com a sua esposa?.

O professor foi apenas suspenso por tempo indeterminado, mas com remuneração, enquanto os pais do jovem lutam contra o conselho escolar para demiti-lo.

Fonte: techtudo.com.br