Alunos da Universidade Federal do Piauí realizam projeto de sustentabilidade

De acordo com o professor do CTT, doutor em Agronomia, Irrigação e Drenagem, Edinaldo Mousinho, o projeto tem como objetivo implantar ideias de economia e levar para a sociedade.

O mundo está cada vez mais globalizado e informado. Com isso, surgem métodos de sustentabilidade para o planeta. O Colégio Técnico de Teresina (CTT), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), trabalha junto com os alunos o Projeto de Plantio Irrigado, dessa forma consegue economizar água e difundir a ideia para outros agricultores.

De acordo com o professor do CTT, doutor em Agronomia, Irrigação e Drenagem, Edinaldo Mousinho, o projeto tem como objetivo implantar ideias de economia e levar para a sociedade.

"Durante o curso, o aluno da disciplina de Irrigação e Cultivo de Hortaliças, aprendem os métodos de irrigação, suas vantagens e desvantagens", diz.

Os três hectares do plantio irrigado contam com três métodos: aspersão, irrigação localizada e um módulo de irrigação superficial. "Na irrigação localizada, a água é aplicada somente na planta, trazendo vantagens e principalmente a economia de água, energia e trabalho.

Também temos o sistema de gotejamento, onde goteja apenas onde está a planta. Nesse sistema, além da economia, o agricultor não terá grandes problemas com a capina", explica o professor Edinaldo Mousinho.

Para a irrigação por aspersão, o sistema usa método bastante conhecido. "Ele procura imitar uma chuva artificial. No CTT temos um sistema que provoca uma chuva artificial em 12 metros de distância, são pontas com tubo azul e microaspersão que molham local reduzido", diz o professor.

Com isso, o Professor José Bento de Carvalho, diretor do CTT, afirma que alunos podem ultrapassar barreiras através de inovações tecnológicas e econômicas. "Nossa função é trabalhar os módulos didáticos, pesquisa e observação.

Assim, levamos ao produtor rural de pequeno, médio e grande porte para poder estender o projeto dentro de sua comunidade", afirma. Isso também é confirmado pelo professor Edinaldo Mousinho "No futuro, nossos alunos serão extensionistas e terão a oportunidade de difundir a técnica e manuseio principalmente no município do qual veio. Na escola temos um fluxo grande de pessoas do interior e muitos desses alunos são filhos de agricultores", finaliza.

As verduras produzidas pelos alunos e professores do Colégio Técnico de Teresina (CTT), abastecem as três unidades dos restaurantes universitários da UFPI. Dentre frutas e verduras estão: banana, macaxeira, alface, coentro, beterraba, rúcula, hortelã, tomate, berinjela, bata doce, cebola, dentre outros.

 

Fonte: Pollyana Carvalho e Daniely Viana