Amanhã, 22, é o último dia de vacinação contra a gripe em Teresina

A campanha de vacinação teve início dia 4 de maio.

Amanhã, 22, é o último dia de vacinação contra a gripe

Amanhã, 22 de maio, será o encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, também conhecida como gripe. Todas as salas de vacina de Teresina, além de quatro postos volantes estarão imunizando contra a doença. A campanha de vacinação teve início dia 4 de maio.

Image title

“Até o momento, já foram distribuídas 139.410 doses da vacina a todas as unidades de saúde da cidade. A recomendação do presidente da Fundação Municipal de Saúde, Luciano Nunes, é que nenhuma sala de vacina fique sem doses e estamos garantindo isso”, afirma a coordenadora da Rede de Frio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Deusamar Meneses.

O público alvo da campanha é formado por pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população carcerária e trabalhadores da saúde.

Os dois shoppings centers da capital, além dos supermercados Extra, da Avenida Presidente Kennedy, e Carvalho, da Avenida Homero Castelo Branco possuem postos volantes para a vacinação.

“Devemos esclarecer que nos postos volantes não é permitido vacinar crianças. Para não expô-las a constrangimento. Destacamos também que os profissionais dos postos volantes atendem no horário de 8h às 17h”, explica a gerente de Epidemiologia da FMS, Amparo Salmito.

Todas as pessoas que são prioritárias para a vacina devem garantir sua dose, pois se tratam de grupos mais suscetíveis às complicações típicas da doença, como a pneumonia. É válido lembrar também da necessidade das pessoas se vacinarem até sexta, pois após o período da campanha a vacina não ficará mais disponível nas salas de vacinação.

A meta de Teresina é imunizar 152.358 pessoas. A vacina protege contra os tipos mais comuns da influenza, os causados pelos tipos A H1N1, H3N2 e B. Ela é totalmente segura e os riscos de efeitos colaterais são mínimos. As únicas contraindicações são para pessoas com alergia à proteína do ovo ou que estejam com febre.

Fonte: Assessoria