Amigos lamentam morte de PMs que estavam em helicóptero no Rio

'Morreu fazendo o que amava', diz postagem de amigo

Páginas de Facebook de PMs mortos na queda de helicóptero na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio de Janeiro, amanheceram com dezenas de mensagens de pêsames aos familiares. Os quatro policiais que estavam na aeronave durante operação da PM morreram na queda.

Junto com o Major Rogério Melo Costa, outros três policiais também estavam no helicóptero. O Capitão Willian de Freitas Schorcht, de 37 anos, o Subtenente Camilo Barbosa Carvalho, de 39 anos, e o Sargento Rogerio Felix Rainha, de 39 anos.

Em postagens no Facebook, amigos lamentam a morte: "Que o Senhor te receba em Seus braços e conforte a dor dos teus entes queridos e familiares, de filhas principalmente e amigos! Vá em Paz! E saiba que todo seu esforço por um país mais justo não foi em vão! Um dia colheremos os frutos de tanta luta! Siga na direção da Luz irmão! PAZ!", diz amiga.

Familiares do Capitão Willian de Freitas Schorcht postaram foto do policial que pilotava o helicóptero durante a operação. "Segura teu filho no colo, Sorria e abrace seus pais enquanto estão aqui. Que a vida é trem bala parceiro e a gente é só passageiro prestes a partir. Te amo!"


Participavam da operação, liderada pelo Comando de Operações Especializadas (COE), homens de diversos batalhões da PM. A ação foi determinada durante reunião emergencial, realizada na noite de sábado no Centro Integrado de Comando e Controle, da Secretaria de Segurança Pública com a cúpula da PM e a chefia da Polícia Civil.

O corpo do Major Rogerio Melo Costa será velado às 10h no Batalhão de Polícia de Choque e sepultamento está marcado para às 16h no Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste.

O capitão Schorcht será sepultado em Resende, no sul do estado. O Subtenente Barbosa será enterrado em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio e o Sargento Félix no Cemitério Jardim da Saudade, em Paciência, Zona Norte.

Também através do Facebook, a própria PM homenageou os mortos na queda do helicóptero. "A #PMERJ e a sociedade hoje estão tristes, perdemos cinco heróis que lutavam para defender nossas vidas. Quatro deles do Grupamento Aeromóvel (GAM) se foram na queda do helicóptero em Jacarepaguá, o Major Rogério Melo Costa, 36 anos, Capitão Willian de Freitas Schorcht, 37 anos, Subtenente Camilo Barbosa Carvalho, 39 anos e o 3ºSargento Rogério Félix Rainha, 39 anos. Além deles nos despedimos de mais um herói do 3ºBPM (Méier) que foi assassinado enquanto cumpria seu dever, o 3ºSargento Cristiano Bittencourt Coutinho, 40 anos. Continuem olhando por nós!", diz texto publicado no perfil da corproação.

Fonte: Com informações do G1