Animais abandonados têm ração e água de graça em pontos na rua

A ideia é da ativista de direitos animais Liz Villa

Nas grandes cidades, basta andar a pé para notar que é comum uma enorme quantidade de animais abandonados pelas ruas. Os bichinhos, muitas vezes, são esquecidos, não recebem doações de alimentos e têm de se virar com as sobras e os lixos.

Na Colômbia, uma iniciativa colaborativa criou uma ferramenta para que pessoas interessadas possam ajudar estes animais. "Comedog". Este é o nome do comedouro público desenvolvido com objetivo de alimentar animais em situação de rua. O serviço já está presente em mais de 78 municípios.

A ideia é da ativista de direitos animais Liz Villa, de acordo com informações da Agência de Notícias dos Direitos dos Animais (ANDA). Ela explicou que se inspirou em publicações nas redes sociais e resolveu fazer uma pesquisa para construir os comedouros.

“Os locais foram escolhidos porque são lugares que têm um acompanhamento contínuo e, acima de tudo, há cães e gatos em situação de rua que precisam ser alimentados”.

O distribuidor de ração e água é feito em aço galvanizado e tem dois reservatórios separados. Há ainda um espaço com cadeado, em que ele é reabastecido, e uma proteção contra as chuvas. As tarefas são dividas entre a rede de voluntários. Há pessoas responsáveis por monitorar os comedouros, reabastecê-los e cuidar da limpeza.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Brasil Post