Antigo CSU do Parque Piauí será Casa da Mulher Brasileira

Casa da Mulher Brasileira é uma inovação no atendimento

O Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos e Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres reconheceu como apto o imóvel que o Governo do Estado habilitou para a construção da Casa da Mulher Brasileira.  No documento, a ministra Nilma Lino Gomes informa que serão começados os estudos necessários para viabilizar a construção da Casa da Mulher Brasileira em Teresina, vinculada ao programa Mulher, Viver Sem Violência.

O prédio cedido gratuitamente para a Construção do Projeto da Casa da Mulher Brasileira de Teresina fica na Rua Hermes da Fonseca, na Praça da Integração, no bairro Parque Piauí, onde funcionava o Centro Social Urbano (CSU). O terreno tem mais de dez mil metros quadrados de área.

A Casa da Mulher Brasileira é uma inovação no atendimento humanizado às mulheres. Integra no mesmo espaço serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem; apoio psicossocial; delegacia; Juizado; Ministério Público, Defensoria Pública; promoção de autonomia econômica; cuidado das crianças – brinquedoteca; alojamento de passagem e central de transportes.

A Casa, um dos eixos do programa Mulher, Viver sem Violência, coordenado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República,  facilita o acesso aos serviços especializados para garantir condições de enfrentamento da violência e sua autonomia econômica. Para o Secretário de Administração e Previdência, Franzé Silva o Piauí ter uma Casa da Mulher Brasileira é um passo definitivo do Estado para o reconhecimento do direito de as mulheres viverem sem violência e a facilidade de várias políticas públicas no mesmo espaço.

Fonte: Com informações do Portal do Governo