Anvisa torna obrigatório uso de álcool em hospitais para higienização

Hospitais e unidades de saúde têm 60 dias de prazo para cumprir a medida.

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta terça-feira (26) no "Diário Oficial da União" obriga as unidades de saúde e hospitais públicos e privados de todo o país a disponibilizar álcool líquido ou gel para higienização das mãos. O objetivo da medida é controlar as infecções em ambientes hospitalares e impedir a proliferação de bactérias, como a superbactéria KPC.

Segundo a Anvisa, a medida é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e visa proteger pacientes e profissionais de saúde. De acordo com a resolução, os hospitais têm 60 dias para implementar a medida.

A resolução torna obrigatório o uso do álcool gel ou líquido em qualquer local onde haja atendimento de pacientes, tais como salas de triagem e de pronto-atendimento, unidades de urgência e emergência, ambulatórios e unidades de internação e terapia intensiva. Clínicas, consultórios e serviços de atendimento móvel também têm que cumprir a medida.

A resolução determina que os disponibilizadores de álcool sejam colocados em lugar visível e de fácil acesso e também "à beira do leito do paciente, de forma que os profissionais de saúde não necessitem deixar o local de assistência e tratamento para higienizar as mãos". A Anvisa informa que a utilização do álcool não dispensa a lavagem das mãos.

Fonte: g1, www.g1.com.br