Apenas vítimas de trauma devem procurar o HUT durante a reforma, afirma prefeitura

Com isso, o hospital sofrerá uma redução de 30% no seu espaço físico total e 100% do P.A..


Na próxima segunda-feira, dia 06 de abril, a Prefeitura de Teresina irá iniciar a reforma do Pronto Atendimento (P.A.) do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Com isso, o hospital sofrerá uma redução de 30% no seu espaço físico total e 100% do P.A..

Para não comprometer o atendimento, a direção do HUT está pedindo a compreensão da população para que apenas as pessoas vítimas de trauma procurem o hospital. “O HUT manterá o atendimento normal para as pessoas vítimas de trauma em geral como os acidentes de trânsito, arma de fogo e arma branca, os casos clínicos devem procurar os demais hospitais da rede”, explicou o diretor geral do HUT, Dr. Gilberto Albuquerque.

Ainda, segundo o diretor, os hospitais da rede de saúde do município e do estado, poderão continuar solicitando a transferência de pacientes mais graves por meio da Central de Regulação de Leitos. De acordo com a necessidade de cada um a Central encaminhará para o hospital de referencia para que seja garantida a continuidade do tratamento.

Com a reforma o HUT ganhará 51 leitos individuais no P.A., sala do trauma, uma melhor ambientação nas recepções e consultórios, ampliação do setor de esterilização e lavanderia, revestimento das paredes de todo hospital, além da climatização dos postos de enfermagem. O prazo para terminar essa etapa é de seis meses.

“Essas reformas fazem parte do conjunto de ações que estão sendo realizadas no HUT após nossa inserção no programa SOS Emergência do Ministério da Saúde. São três milhões aplicados apenas para reforma”, disse Dr. Gilberto.

Dando continuidade a reforma o HUT ganhará ainda mais vinte leitos de UTI que já está em processo de licitação e custará em torno de dois milhões.

 

Fonte: Prefeitura de Teresina