Após 30 anos sem estudar, flanelinha vira modelo de superação ao ser aprovado em vestibular

José Mario conseguiu se integrar em uma das melhores universidades do Brasil

Um homem de 52 anos é motivo de admiração para muitos jovens brasileiros. Após 30 anos sem estudar e pegar em livros, José Mario com muito foco e dedicação conseguiu se integrar em uma das melhores universidades do Brasil: a Universidade de Brasília.

José que trabalhava em uma fábrica de alumínios no Maranhão decidiu se aventurar, mudando para Brasília a fim de um futuro melhor. Mas não obteve muita sorte e acabou na profissão de flanelinha durante nove anos. O homem declarou que a profissão de flanelinha nunca foi aceita, e que as pessoas pensavam que ele era um mendigo.

Foi então, cansado novamente da vida difícil que ele levava que decidiu finalmente dar a volta por cima. Após algum tempo de insistência em um cursinho para vestibular da região ele acabou por convencer o coordenador do curso em conceder uma bolsa de estudos para ele. A vontade dele era entrar na Universidade de Brasília, então, todos os dias, ele saía do estacionamento e ia direto para o cursinho.

“Um ótimo aluno, ele perguntava muito, ele muito interessado e muito curioso também”, conta a professora Araceli dos Santos. Após muito esforço José Mario foi aprovado no vestibular para o curso de gestão ambiental da UnB e virou um exemplo para seus colegas no cursinho, que ao receber a notícia o receberam aos aplausos.

“É uma história de superação, isso me fez acordar mais ainda para eu ir atrás do que eu quero”, destaca a estudante Maria Clara Mesquita. Agora, José se volta para o futuro, com novos planos para sua nova vida, uma vida melhor e sem tanta dificuldade e preconceito.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Razões para acreditar