Após acidente, Miss Brasil Débora Lyra sai da UTI e já caminha, diz boletim médico

Após acidente, Miss Brasil Débora Lyra sai da UTI e já caminha, diz boletim médico

Segundo o pai da Miss Brasil 2010, Luiz Fernando Lyra, o domingo (1) foi um dia de surpresas.

A Miss Brasil 2010, Débora Lyra, saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na manhã desta segunda-feira (2), segundo boletim médico. A modelo capixaba está internada devido um acidente no último dia 27. De acordo com o hospital onde ela está, Débora Lyra foi transferida da UTI para a unidade de internação (apartamento). A paciente apresenta quadro estável evoluindo com recuperação satisfatória para o tipo de trauma apresentado.

Segundo o pai da Miss Brasil 2010, Luiz Fernando Lyra, o domingo (1) foi um dia de surpresas. "Passei a tarde do dia primeiro com a minha filha no hospital, quando lá cheguei vi Débora sentada na poltrona sorrindo para mim. Conversamos muito e ela deu vários passos. É emocionante ver a minha filha se recuperando", disse Fernando.

O boletim médico ainda aponta que Débora Lyra permanece sentada fora do leito, mas necessita de reabilitação respiratória e motora através da fisioterapia. Débora aceita melhor a alimentação via oral e deve retirar o dreno do tórax nesta terça-feira (3). A modelo fez alguns exames que sinalizaram uma anemia estável, quadro apresentado desde a sua entrada na UTI, segundo boletim.

Estado de saúde

Hermon Souza Lopes apresenta melhora do quadro clínico e está em recuperação. No domingo (1), o paciente teve alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para a unidade de internação (apartamento). Hermon apresenta quadro clínico estável, estava lúcido e orientado, respirando sem a ajuda de oxigênio e aparelhos. Estava se alimentando via oral, mas necessitando de reabilitação respiratória e motora através da fisioterapia.

Condutor da Toyota, Roberto Lessa de Vasconcelos, apresenta quadro estável, está lúcido, orientado, e em ar ambiente. Foi submetido na tarde do do dia 31 a cirurgia ortopédica com uso de fixador externo, e continuará internado ainda sem previsão de alta.

Colisão frontal

De acordo com a PRF, o namorado de Débora, que dirigia o Gol, perdeu o controle do veículo ao fazer uma curva na BR-101 Sul, invadiu a contramão e colidiu com o Toyota Bandeirante, que seguia no sentido contrário.

Chovia muito na hora do acidente e os dois sentidos da rodovia ficaram interditados até a retirada dos veículos. Segundo a polícia, a sogra de Débora Lyra estava no banco de trás e não usava o cinto de segurança.

Ao todo, seis pessoas ficaram feridas no acidente. A mãe do namorado de Débora morreu no local. A mulher, que tinha 55 anos, foi enterrada no final da tarde de quarta no cemitério Parque da Paz, na Ponta da Fruta, em Vila Velha. O carro no qual estava a miss bateu de frente com um Toyota Bandeirante. O condutor, de 59 anos, a passageira, de 26, e outro passageiro, de 24, também ficaram gravemente feridos.

Fonte: G1