Candidata passal mal, desmaia duas vezes e não conclui Enem

Candidata passal mal, desmaia duas vezes e não conclui Enem

Bruna Vanessa, de 20 anos, não teria se alimentado antes da prova, em RO. Estudante foi encaminhada para o Hospital Municipal de Ji-Paraná.

A candidata Bruna Vanessa , de 20 anos, desmaiou duas vezes durante a segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (27), em Ji-Paraná (RO). Na primeira vez que desmaiou foi socorrida e continuou em sala de aula, mas voltou a passar mal e o Corpo de Bombeiros foi acionado. A estudante foi encaminhada ao hospital municipal e não concluiu a prova.

Um parente da estudante, que não quis se identificar, afirmou que a candidata não teria se alimentado antes de fazer a prova. ?Hoje ela não tomou café e nem almoçou?, explica. Bruna fazia a prova na Escola Juscelino Kubitschek de Oliveira no Bairro Nova Brasília.

Primeiro dia de provas

As 90 questões de ciências humanas e de ciências da natureza aplicadas no sábado trouxeram perguntas que abordavam globalização, a demarcação de terras indígenas, o governo de Juscelino Kubitschek, circuitos elétricos, química orgânica e a transmissão da rubéola. Entre os elementos de cultura pop que apareceram nas questões estava a canção "Disneylândia", do grupo Titãs.

As 45 questões da prova de ciências humanas tiveram diversas charges e cartuns, alguns deles históricos, como um da década de 1930 que falava sobre o voto feminino no Brasil, e outro que ilustrava a época do governo de Juscelino Kubitschek, marcada pelo desenvolvimentismo, mas também pela desigualdade social.

Já em ciências da natureza, a prova do Enem trouxe questões clássicas principalmente em física e química, com problemas que pediam conhecimentos como amperagem e voltagem, e outros exigindo o cálculo de massa, mol, além de outras questões de química orgânica. Em outra questão de física, os candidatos tiveram que identificar os diferentes gráficos que representavam adequadamente os movimentos de velocidade nas diversas fases da queda de um paraquedista.

A questão mais comentada, porém, foi uma de história do Brasil que, no texto de uma charge, trouxe a palavra "gasolina" escrita com "z". O MEC explicou que a grafia errada tem um contexto histórico e irônico, mas a pergunta acabou virando piada no Twitter.

Balanço do MEC

O primeiro dia do Enem 2013 foi considerado "um êxito" pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, porque, segundo ele, não houve "nenhum incidente importante". Os dois destaques apresentados pelo ministro em coletiva de imprensa realizada no fim da tarde de sábado (26) foram o caso de uma jovem de 20 anos de Teresina, que entrou em trabalho de parto enquanto fazia a prova, e a eliminação de 24 candidatos que foram flagrados publicando fotos tiradas dentro da sala, onde é proibido ter equipamentos eletrônicos ligados.

O balanço de candidatos eliminados foi feito entre o início das provas e as 18h30 de sábado. Segundo Mercadante, a "ampla maioria" dos candidatos eliminados é formada de estudantes de escolas particulares que pagaram a inscrição do Enem. Um dos candidatos que perderam o exame tem 39 anos, de acordo com o ministro. Mas esse número pode aumentar. Mercadante lembrou que a qualquer momento novos candidatos podem ser eliminados. "A qualquer tempo, poderemos estar anulando a participação. Não pode entrar equipamento eletrônico e fotografar a prova. Se tiver mais alguma [foto publicada], será identificado e eliminado."

Os resultados

Os gabaritos oficiais das provas objetivas serão divulgados no site http://portal.inep.gov.br/enem no dia 30. Os candidatos poderão acessar os resultados individuais do Enem 2013 em data ainda a ser divulgada, mediante inserção do número de inscrição e senha ou CPF e senha no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br.

Fonte: G1