Após gato tentar comer um peixe, mulher o mata em um micro-ondas

A admissão supostamente veio quando Cunliffe estava visitando um hospital local.



Uma mulher britânica se declarou culpada por ter assassinado um gato no micro-ondas depois de ele atacar seu peixe de estimação. Laura Cunliffe, 23 anos, aguarda a sentença da justiça.

Segundo os promotores, a investigação foi iniciada quando Cunliffe admitiu que torturou seu gatinho. A admissão supostamente veio quando Cunliffe estava visitando um hospital local.

Durante o julgamento, Cunliffe disse que colocou seu gato de 4 meses de idade em um forno de micro-ondas e cozinhou o animal por quase cinco minutos. A mulher falou também que fez isso como punição porque o gato tentou atacar seu peixe.

O bicho saiu vivo e respirando do forno, mas não resistiu e morreu cerca de uma hora e meia depois.

Fonte: r7