Após o incêndio da Sesapi, uma comissão avalia reconstrução

Lilian Martins pediu que fosse priorizado os assuntos mais urgentes.

A secretária de estado da Saúde, Lilian Martins, reuniu os servidores do órgão na manhã de ontem para tratar do funcionamento da Sesapi após o incêndio que consumiu todo o prédio da secretaria na noite de ontem.

Ela determinou que fosse formada uma comissão com superintendentes, diretores e gerentes de todos os setores para avaliar que medidas devam ser tomadas de agora em diante.

Lilian Martins pediu que fosse priorizado os assuntos mais urgentes no que diz respeito a parte administrativa, já com relação a parte física e a acomodação dos servidores foram apresentadas várias sugestões.

A Secretaria de Fazenda disponibilizou espaços para a Sesapi, bem como a Agespisa, Ceir, Hemopi e a própria Escola Fazendária, onde aconteceu a reunião.

A secretária disse que a Saúde não pode parar e que vai fazer de tudo para que pelo menos o básico volte a funcionar o mais breve possível. ?Se alguém precisar imprimir um oficio que seja o computador da minha casa, do meu gabinete na Assembleia está à disposição?, disse.

Ficou acertado que cada superintendente, diretor ou gerente vai reunir suas equipes para buscar documentos que possam ser salvos, como aqueles guardados em computadores pessoais.

Fonte: Jornal Meio Norte